Olá, amigo Empresário e Empreendedor.

Tudo sempre terá dois bons objetivos nestas minhas indagações, o primeiro ponto será trazer para vocês um material rico em informações sobre Gestão.

Como sabem, eu defendo a Gestão como sendo a melhor ferramenta de Sucesso para o Empreendedor.

O segundo ponto é a integração de todas as informações que estarei passando. Tudo sempre terá um relacionamento.

O Empresário não poderá escolher esta ou aquela informação. Você precisará ser um Expert em Gestão.

Precisa saber que o sucesso nos negócios acontece quando ações conjuntas são tomadas o tempo todo.

Sinto em dizer, mas é assim mesmo, você como Empresário terá muito o que fazer.

Mas também tenho a boa notícia ! A que é possível fazer.

Hoje gostaria de conversar com você sobre o seu Estoque.

Vou começar pelo CMV.

O CMV, ou Custo da Mercadoria Vendida, ele é calculado através de uma fórmula básica.

Aliás, pode ser básica, mas 95% dos Empresários do Varejo desconhecem duas coisas.

A primeira delas é o Valor do CMV.

A segunda, é a formula para calcular o CMV.

Então, vamos iniciar pelo segundo ponto, que é a formula do CMV.

O CMV é calculado a partir do Estoque Inicial, somando-se as Compras do Período e subtraindo o Estoque Final.

Por exemplo, se você tinha no dia 1º do mês corrente um valor no Estoque de R$40.000,00 (quarenta mil reais), durante o mês você comprou mais R$20.000,00 (vinte mil reais), então seu estoque no final será de R$60.000,00 , porém, durante o mês ocorreram as VENDAS, neste nosso exemplo, uma venda de R$43.000,00. Mas também teremos que analisar o nosso estoque no final do Período, e neste nosso caso, ele terá um valor de R$29.000,00.

Aplicando a fórmula do CMV, temos, Estoque Inicial R$40.000,00 + Compras R$20.000,00 – Estoque Final R$29.000,00 , nos dando um Custo das Mercadorias Vendidas de R$31.000,00 (Trinta e um mil reais).

Porém, como falei anteriormente, temos um agravante, pois a grande maioria dos Empresários do Varejo desconhecem seus Estoques. Ou seja, eles não sabem dizer qual era o valor do seu Estoque no início do Mês e no final do Mês.

Consequentemente, desconhecem o custo das mercadorias vendidas a partir do Controle de Estoque.

Bem, se não tem esta informação, fica impossível calcular o Lucro Bruto.

Em uma Empresa onde o Faturamento tenha sido R$80.000,00 , e o CMV foi de R$30.000,00 , teremos um Lucro Bruto de R$50.000,00.

Este seria o básico para começar a Análise do Resultado da Empresa.

Mas como falei, atire a primeira pedra aquele que tem esses números na ponta do lápis a partir do controle de Estoque.

Então, se você desconhece o seu custo, fica impossível calcular o Lucro.

E sem saber se está tendo LUCRO, não tem como saber se a Empresa está tendo resultados.

Entende como é Gestão, tudo gira em torno da Gestão.

Agora, se temos um número tão grande de Empresas que não controlam seus Estoques, me diz, como que conseguem apurar seus Resultados.

Praticamente impossível.

A importância do Controle de Estoque aqui, vai além do CMV.

Sabe aquela questão que o Empresário no final do mês alega que não está tendo LUCRO, que não está sobrando nada, somente dívidas.

Pois bem, sem o Controle de Estoque não é possível também identificar, por exemplo, se parte deste dinheiro não está parado em itens que foram comprados sem necessidade.

A Metodologia AUFRE visa isto, oferecer meios do Empresário conseguir melhorar sua Gestão.

Infelizmente, os Empresários não fazem os controles básicos.

Um deles então é o Controle de Estoque.

Ai, desencadeia os problemas.

Muito bem, falamos do primeiro motivo sobre a importância do Controle de Estoque.

Mas havia prometido 2 motivos.

Vamos ao segundo agora.

Como você sabe, estamos no meio de uma turbulência muito grande (a Pandemia do Corona Vírus, ano de 2020).

Temos uma certeza muito grande que muitas coisas irão mudar durante e após a Crise.

Uma delas será a forma como as Empresas e Consumidores do Varejo irão se comportar.

Agora, você deve estar se perguntando, ou se chegou até aqui, quer saber qual o segundo motivo da necessidade do Controle de Estoque pós Crise.

Certo então, eis ela.

A forma como você Empresário do Varejo vai atender seus clientes irá mudar, e uma delas será ter, pelo menos, mais um canal de Vendas.

Este canal será o digital.

Quando você for para o Digital, irá precisar mudar seus conceitos sobre controle de Estoque.

No digital, não tem como manter o Estoque no olhômetro.

Imagine a seguinte situação.

Um supermercado, onde ele oferece venda de Hortifruti (verduras, legumes, frutas) a través de Delivery.

Este estabelecimento disponibiliza a venda de TOMATE, por exemplo.

Será impossível estabelecer este tipo de venda sem o devido controle de Estoque, integrado entre as duas plataformas.

A on-line e a off-line.

Para as vendas off-line, no estabelecimento é até possível (não que eu concorde), mas porque se faz hoje o controle através do visual.

Tem produto (Tomate) vende, não tem, não vende.

Mas no digital, no on-line, o Cliente entra no Aplicativo, se o produto estiver disponível para compra, ele irá fazer o pedido.

O Estoque então é um fator primordial para quem quer ir para o digital.

Veja, este segundo fator (o controle de estoque) que estou colocando como primordial para entrada da Empresa no digital irá fazer toda a diferença.

É neste momento que a Gestão do Lucro irá começar a separar os homens dos meninos.

Está vendo como a profissionalização passará a ser muito mais necessária para que as Empresas, independente do seu tamanho, possam se tornar competitivas.

Você poderá ter muitas ideias para contornar este problema do atendimento de produtos ao Cliente, que não passam pela Gestão, mas nada será mais eficiente do que o Controle do Estoque.

Isso que estou ponderando passa pela Gestão do Lucro.

A Gestão do Lucro é o grande guarda-chuva de resultados da Empresa, onde todos os métodos e processos fazem parte.

Neste momento, minha sugestão então é para que você comece a repensar como está o seu Controle de Estoque.

Você queira ou não, irá precisar dele.

Para terminar, quer ver um bom motivo para você valorizar um pouco mais a Gestão do Estoque.

Se neste momento você fosse abordado por um INVESTIDOR, o qual fizesse uma proposta de compra da sua Empresa.

O primeiro passo não seria saber qual o valor do seu Estoque?

Preciso dar mais algum motivo para você começar a contagem e controle do seu Estoque a partir de agora?