Ops…. estava faltando alguns detalhes para a Fórmula do Lucro ficar,

como dizem os nossos irmãos nordestinos, PORRETA.

Isso mesmo, o que é bom pode e vai ficar ainda melhor, quer ver.

Ou até, nada pode estar bom que não possa melhorar.

Na postagem anterior fizemos as considerações sobre como você deve

fazer para calcular o Lucro de sua Empresa.

Mostre a fórmula em detalhes.

Vamos relembrá-la então ?

(+) Receitas

(-) Despesas Variáveis

(-) Custos Fixos

(-) Investimentos

(-) Saídas Não Operacionais

(+) Entradas Não Operacionais

(=) Lucro Liquido da Empresa

Agora que virá a parte melhor desta História.

A partir desta fórmula, que na verdade credito como um método, iremos

conseguir indicadores milagrosos para o Empresário de sucesso.

E convenhamos, indicadores são a bussola, o norte, a pílula diária para a

sobrevivência de uma Empresa.

Vamos pegar como exemplo um Avião e seu Piloto.

Já pensou um Piloto levantando voo com seu 747, ou realizando a sua

aterrissagem sem seu painel de comandos funcionando, com todos os

INDICADORES inoperantes.

Impossível, concorda.

A mesma coisa acontece em sua Empresa.

Você como Empresário precisa, necessita ter acesso a indicadores para

saber e entender o Rumo que está tomando ou que deva tomar, quais

decisões a serem tomadas.

Vamos então ver nossa fórmula do Cálculo do Lucro com algumas

alterações complementares muito importantes, porém, fácil de entender

e aplicar.

Conta Valor Análise Vertical

(+) Receitas R$ 83.258,70

(-) Despesas Variáveis R$ 43.129,30

(=) MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO R$ 40.129,40 48,19%

(-) Custos Fixos R$ 26.830,20

(=) LUCRO OPERACIONAL BRUTO R$ 13.299,20

(-) Investimentos R$ 4.379.80

(=) LUCRO OPERACIONAL R$ 8.919,40

(-) Saídas Não Operacionais R$ 1.230,00

(+) Entradas Não Operacionais R$ 0,00

(=) Lucro Liquido da Empresa R$ 7.689,70

Pronto, uma pequena alteração aplicada ao método e temos muitas

possibilidades cridadas.

Uma delas é o indicador MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO, onde passa ser

possível determinar, por exemplo, qual o Ponto de Equilíbrio da Empresa.

Sim, mas o que isto quer dizer ?

Que o Empresário terá acesso ao valor necessário a ser FATURADO, para

que, na pior das hipóteses, consiga apenas saldar as Despesas Fixas do

mês.

Ou, se desejar, fazer a projeção de possíveis investimentos, determinando

qual será o crescimento necessário do faturamento, para que seja possível

cumprir com estes novos compromissos financeiros.

Isto e muito mais pode, aliás, pode não, deve ser analisado a partir desta

“PEQUENA” metodologia da Fórmula do Lucro.

E então, preparado para vir para o HALL dos Empresários de suce$$o.

Para o grupo seleto de Empresários que sabem onde estão e onde querem

chegar, baseados em números e não apenas em sonhos.

Abs, e suce$$o…

Florisvaldo Alves Pereira

Diretor do Grupo TDP

(14)9.8135.4894

tdp@tdp.com.br