Olá ,

Muitos empresários fazem compras parceladas, compras a longo prazo para a Empresa, porém, sem caixa suficiente se esquece que a conta chega para ser paga, e muitas vezes seus recebimentos não acompanham a mesma proporção.

É a programação mental do Empresário que irá definir o Suce$$o ou o fracasso Financeiro de sua Empresa.

A primeira coisa a entender, é como a nossa mente trabalha as nossas crenças.

Veja, temos 3 categorias bem claras que classificam as pessoas quanto a RIQUEZA (Posse do Dinheiro).

A primeira categoria que está na base da pirâmide é o POBRE.

Logo na sequência temos a Classe Média, que oscila bastante.

E temos onde todos querem chegar, mas que poucos conseguem, isso não quer dizer que é impossível, mas sim que depende da mudança de pensamento, nesta categoria estão os RICOS.

O Pobre é uma categoria clara para nós, ele vive pela Sobrevivência, e o dinheiro vem nesta proporção, para que ele sobreviva.

Já a Classe Média sempre está a procura de Conforto, tudo o que ele faz é voltado para o Conforto. Pense, aumentou o salário, vamos nos premiar com um Jantar especial.

No topo da pirâmide temos o Rico, que busca sempre a LIBERDADE FINANCEIRA. Não que ele não precise e não queira conforto, mas o que quero dizer é que em primeiro lugar ele que ser LIVRE, já o conforto passa a ser uma consequência.

Crenças precisam ser alteradas, mudando crenças antigas e acreditar em novas crenças.

Nessa linha de pensamento, o RICO pensa a longo prazo, pensa para o ANO ou mais.

Já a CLASSE MÉDIA, pensa no curto prazo, MENSALMENTE esta se adaptando. Gasta tudo para manter as posses, acha que está protegido por ter mais bens.

O POBRE já vive o cotidiano, não ter perspectivas faz com que ele viva um dia após o outro, sem as condições necessárias para aquisições de posse.

A diferença básica entre os padrões que existem para lidar com o Dinheiro está relacionado a capacidade de percepção e sobrevivência a partir dele.

O grande problema está no centro disso tudo, que são os Empresários do Varejo. A medida que seus ganhos sobem, ele GASTA MAIS, consequentemente ele acaba não conseguindo manter o padrão que desejava.

Padrão falso que se reflete no final do mês. Aí ele acaba criando aquela mentalidade recorrente que nunca consegue prosperar. Na verdade ele gasta todo o seu DINHEIRO para manter as aparências, e melhorar seu padrão de vida, e isto CUSTA.

O RICO sempre gasta menos do que ganha, ai está a diferença da Classe Média e porque o RICO tem sempre mais e o pobre ou classe média sempre menos.

Gastar mais do que ganha, esse é o erro.

Para seguir este modelo na prática, deve-se anotar cada centavo gasto e onde foi gasto. Ai no final do mês terá a informação exata.

Mas a maioria não faz isso, gerando um gasto e compras excessivas em cheques e cartão.

Para conseguir mudar de patamar, por exemplo de Classe Média para RICO, é necessário cortar ainda mais os gastos e saber onde cortar.

Lembre-se, a classe média aumenta os gastos assim que passa a ganhar mais.

Isso leva a um ciclo que fatalmente irá levar ao endividamento.

O primeiro ponto para mudança de nível é saber separar os gastos PESSOAIS do PROFISSIONAL (Empresarial).

O problema é que na maioria das Crises Financeiras, o Empresário ao invés de cortar gastos Pessoais, acaba cortando custos e investimentos nos Negócios.

Para solucionar problemas Financeiros gerados por erros anteriores, acumulando dividas altíssimas com bancos e operadoras de cartão, siga alguns passos iniciais.

Primeiro, nunca peça orientação para os funcionários do Bancos, eles não tem experiência para solucionar o seu problema, eles estão treinados para vender mais dinheiro para você, e dinheiro caro, complicando ainda mais sua situação.

Segundo, quando não conseguir quitar todos os fornecedores tome medidas drásticas: ou quite tudo ou não quite nada.

Não faça renegociação através de parcelamentos (principalmente com os bancos), pois os parcelamentos irão chegar e você provavelmente não terá condições de quitar da mesma forma. Falo isso porque existem leis que irão te proteger quanto a qualquer tipo de coação que venha a sofrer. Busque as informações antes para que possa tomar decisões mais acertadas.

Terceiro, nunca deixe de pagar os Impostos e Salários, estes sim precisam ser honrados e priorizados. Dívidas com o Governo e com seus Funcionários poderão se tornar o principal problema para dar continuidade nos negócios.

Quarto e último, mesmo na dificuldade Financeira, mantenha a calma e a lucidez (não é fácil, mas precisa ser assim). Para sair deste caos você precisará ter tranquilidade por um longo período, porque somente o tempo é o senhor da verdade, a não ser que tenha a sorte de ganhar na Loteria.

Atente-se muito para o uso do Cartão de Crédito. Esta ferramenta é um P.E.R.I.G.O., pois sua aceitação como meio de pagamento atualmente é muito intensa, levando você a tentação do consumismo fácil.

Se você não souber se controlar, os gastos poderão se transformar em um bolo de neve.

Por outro lado, ele também poderá ser sua salvação, visto que quando bem controlado permite um fácil controle dos gastos.

A armadilha dos Pontos Acumulados e Milhas podem atrapalhar o controle financeiro de qualquer pessoa que usa Cartão, então, se possível evite o uso do Cartão de Crédito, opte pelo de Débito.

O caminho para mudar de vida financeiramente é passar a guardar parte de seus ganhos.

O erro está que muitos optam em guardar a sobra do mês, aí no final do mês acaba não sobrando.

Opte em determinar o valor que será guardado e já faça a reserva no início do Mês.

Mas, estabeleça um valor minimamente viável. De nada irá adiantar guardar o que não se tem ou se no final do mês for necessário retirar tudo o que guardou.

Seja realista. Se não fizer desta forma irá se frustrar e se sentir fracassado, e isso não é bom.

Então, em primeiro lugar avalie como estão seus Gastos. Após, avalie como estão seus ganhos, e o que pode fazer para estar mudando de nível.

O segredo está sempre em gastar menos do que se ganha e conseguir fazer isso através de um planejamento financeiro a longo prazo, para aplicações e investimentos.

Espero que estas orientações possam ter ajudado você a encontrar seu caminho para a riqueza.

P.S.: Lembre-se, RICO gasta sempre menos do que ganha, consequentemente tem liberdade para saber o que fazer com o dinheiro, investir e ter resultados.

P.P.S.: E você, esta sabendo o que esta fazendo com o seu Dinheiro ou está vivendo diariamente um dia após o outro.