Olá amigo Empresário e Empreendedor, tudo bem com você?

Deixa eu te fazer uma pergunta.

Qual a sua Meta de Vendas (Valor) para hoje, ou para este Mês?

Dependendo do seu nicho de mercado, esta resposta poderia ser em volume de vendas, mas para que possamos alinhar o contexto deste assunto para todos, vamos estabelecer a meta de Valor Vendido.

Antes de continuar, vamos relembrar os 4 pontos mais importantes a serem controlados na Empresa e que irão interferir diretamente no seu LUCRO.

1. Aumentar as Vendas dos mesmos produtos;

2. Ampliar o Faturamento com novos produtos;

3. Diminuir Custos fixos e variáveis;

4. Reduzir Despesas desnecessárias;

Entendendo isto, podemos observar que nos itens 1 e 2 temos uma relação direta com as Vendas.

Neste ponto então é que se inicia o que de fato estaremos tratando daqui para frente.

Vamos alinhas os fatos relacionados as Metas.

Quando perguntei logo no inicio, qual era a sua Meta de Vendas, quis fazer uma provocação.

Eventualmente alguns devem ter respondido qual era a sua Meta, mas, muitos podem ter ficado sem respostas, ou seja, não tem definido qual é a sua Meta.

É claro que poderemos ter inúmeras Metas a serem atingidas, podendo ainda ser uma em cada área de atuação, podendo ainda ser pessoal, profissional ou da Empresa.

Também poderá ser por atividades.

Não importa quais são, mas o importante é ter a Meta, acompanhar a Meta e ter ações para atingi-las.

Vamos aproveitar aqui e entender o conceito sobre Meta, como defini-la.

O método SMART ajuda na definição da Meta, onde este método se baseia em 5 fatores: S (Específica), M (Mensurável), A (Atingível) , R (Relevante), T (Temporal).

Estabelecer Metas ajuda a direcionar todos os esforços em busca de sua realização.

Então, quando for estabelecer suas Metas, seja pessoal, profissional ou de sua Empresa, use o método SMART para defini-las.

Para entender como fazer isso, vamos conhecer o método de forma mais detalhada.

O S de Específica, aqui representando pela segunda letra da palavra, nos remete a algo claro, que possa ser atingido.

Metas definidas como “VENDER MAIS” ou “GANHAR MAIS” não são nenhum pouco Específicas.

Alias, são bem abrangentes.

Quando dizemos “GANHAR MAIS”, não se tem nenhum tipo de parâmetro, e desta forma não tem como ser comparada se ela foi ou será atingida.

Troque “VENDER MAIS” por “VENDER MAIS PRODUTOS DA CATEGORIA BEBIDAS”.

Vamos ao M de Mensurável.

Pode acontecer do seu negócio estar estagnado porque você não definiu objetivos mensuráveis, que podem ser medidos.

A coleta permanente de dados faz com que você fique envolvido e o mantém responsável por atingir os resultados esperados.

Vamos pegar como exemplo o trabalho.

Você falar que irá trabalhar mais para atingir as vendas necessárias não torna o resultado mensurável.

Mas, falar que irá trabalhar 15 minutos a mais durante 30 dias para adiantar o projeto, isto sim é mensurável.

No nosso exemplo, dando continuidade na definição da meta, ela ficará da seguinte forma: “Vender 20% a mais os produtos da categoria Refrigerantes”.

Continuando no método SMART, chegamos ao A de Atingível.

Para definir este parâmetro de sua meta, você irá precisar conhecer muito bem a situação atual, e entender se o que será proposto é Atingível, ou não irá passar de uma UTOPIA, um sonhou ou até mesmo um devaneio.

O que estou alinhando aqui será a definição dos 20% do mensurável, se estes 20% é atingível, se é possível de ser realizado.

Não pode ser nada que no meio do caminho cause desanimo, por ter definido algo muito além ou aquém das condições ideais de realização.

Chegamos agora ao R de Relevante, e aqui podemos perceber que o método SMART faz todo sentido na definição das Metas.

Ser relevante aqui, será estabelecer algo que realmente motive os envolvidos no engajamento para atingir a Meta.

O bom senso então deverá prevalecer.

Estabelecer um crescimento de 1% poderá ser uma Meta irrelevante, sem nenhum tipo de desafio.

Já uma Meta de 15% ou 20%, esta passa a ser desafiadora, sendo ela atingível.

Ser relevante torna a Meta importante, em todos os seus aspectos, pois sendo atingida ela estará gerando as mudanças propostas.

A Relevância passa a ser percebida, notada.

No nosso contexto, se o aumento de 20% for atingível, ao mesmo tempo ele se torna relevante, ao contrário, se fosse proposto um crescimento de 3%, podendo ele ser atingível, mas dependendo das circunstancias passa a ser irrelevante, consequentemente desmotivador.

Vamos ao último item do método SMART, o T de Temporal.

De nada irá adiantar ter uma meta que atenda aos requisitos anteriores se ela não tiver um Tempo definido para acontecer.

Veja, aumentar as Vendas em 20% é muito bom, mas se isto não tiver um tempo para acontecer, então deixa de ser relevante e atingível, pois não teremos como saber se foi realizada no tempo definido.

Agora, usando o método SMART de forma completa, nossa Meta ficará assim: “Aumentar as Vendas da Categoria Refrigerantes em 20% no Primeiro Trimestre de 2020”.

Agora sim, temos um prazo para atingir a Meta.

A Meta será a bussola, o GPS das ações a serem tomadas para que ela seja atingida.

Tínhamos no início a definição simples do desejo: “VENDER MAIS”.

Algo muito abstrato.

Agora temos claro, definido o que desejamos atingir e como saber se estaremos no caminho certo.

POR QUE USAR METAS SMART ENTÃO?

Agora que entendemos como criar uma Meta, vamos entender um pouco mais sobre sua importância.

Quando se estabelece Metas, tanto a nível pessoal como profissional ou da Empresa, torna-se possível avaliar os resultados.

Sabe aquele ditado, se eu não sei para onde vou, qualquer estrada servirá.

Entra dia, sai dia, e você não em objetivos a serem atingidos, ou melhor, você não sabe se os seus objetivos estão sendo atingidos de forma clara, isto compromete seriamente os seus resultados.

Desfrutar de sentimentos de realizações fazem com que as coisas se tornem mais fáceis e prazerosas.

Para isso então, estabeleça suas Metas, e estabeleça elas através do método SMART.

COMEÇANDO DE FORMA SIMPLES

Agora, por onde começar?

Vamos focar nos nossos resultados Empresariais.

Lá no início, perguntei sobre suas Metas de Vendas.

Se você respondeu qual era a sua Meta, neste momento, avalie se ela está definida com os critérios SMART.

Se não estiver, refaça ela usando o método.

Agora, se não tinha resposta,, este é o momento de estabelecer sua Meta de Venda, e depois, começar a monitorá-la.

Logo após defini-la, estabeleça quais serão as ações que irão leva-lo ao resultado esperado.

De nada irá adiantar definir a Meta e arquivá-la, guardar ela a sete chaves.

Se tiver uma Equipe, compartilhe com eles a definição da Meta e seus acompanhamentos periódicos, e também as ações envolvidas.

Agora é com você.

Lembra? Qual será sua Meta de Vendas em Valor?